Passeio á Povoa para ver as sereias.

Próxima saída domingo 25 de Junho pelas 8,30 na Paluse

quinta-feira, 6 de junho de 2013


NA SENHORA DA ALEGRIA COM TRISTEZA PELAS AUSÊNCIAS

 
O local do costume estava mais povoado que o domingo anterior. De notar a presença do Riones que nos honrou com a sua companhia aproveitando uma visita a casa do pai Tenor.
Ainda aguardamos alguns minutos por termos a informação que o Pirata dos Trilhos podia aparecer. Mas não, «Pirata de grilo!». Esperamos que seja apenas alguma falta de vontade temporária porque a intensidade e o entusiasmo que demonstrava era uma mais-valia importante para o grupo. Por isso vê la se marcas presença para a próxima saída Pirata! O Tenor até já propôs a retirada do título a continuar o ritmo das faltas.

 
 Riones sugeriu que gostaria de visitar uma Senhora lá para os lados da Trofa e que ficou na sua memória pelo empeno que deram ao jovem e inexperiente herdeiro do Mister.


 
Todos concordaram e logo de seguida o Bat levou-nos pela rota do Rojão até à Trofa.
Daqui até S. Gens (localidade onde mora a Nª. Srª da Alegria), passeamos por caminhos e trilhos que dão acesso aos muitos campos agrícolas que envolvem e caracterizam a região.


A transpiração brotou quando encetamos a subida para a capela, porque, não sendo muito acentuada, é bastante longa e desgastante.

 
O nosso objectivo estava cumprido e depois de alguma conversa com um casal zelador do monumento aproveitamos para tirar algumas fotos.


Veja-se a postura do Mandarilo com ar de satisfação e firmeza por ter alcançado o seu desígnio, no momento em que gozava o merecido repouso, sempre muito próximo e atento à sua máquina.
 
 
 
E o esforço dos nossos repórteres fotográficos para conseguir uma imagem do conjunto completo.

Era hora de voltarmos pois a distancia até Bairro ainda era considerável e o ritmo teria que ser suave mas que deu para ciclicarmos cerca de 48km.

 

Sem comentários: