Passeio á Povoa para ver as sereias.

Próxima saída sexta feira 1 Dezembro pelas 16 horas na sede.

domingo, 10 de abril de 2011

CALÇÕES BRANCOS NA CAMPOSA E COVELAS

   Este domingo ensolarado  prometia uma matinée bem regada de padaladas suadas. E foi o que aconteceu. Assim partimos, do local do costume, em direcção a Santo Tirso com desejos aéreos que exorta a Serra da Camposa. O grupo era constituídos por 8 BiKeNaTuRas e 3 convidados (o Fernando, o Avelino e o Cristiano F.) que daqui a pouco já não serão convidados mas sim elementos imprescindíveis nas passeatas domingueiras  dos BiKeNaTuRaS. 
   Subimos ao Aeródromo de Vilar de Luz  pela estrada. O Aeródromo de Vilar de Luz, freguesia de Folgosa concelho da Maia, está transformado num complexo multiusos, com pista de ciclismo, recinto para radiomodelismo e aeromodelismo, parque para merendas e uma escola de formação de condução e prevenção rodoviária. Uma série de valências que custaram 1,5 milhões de euros por isso aconselho vivamente a sua visita a todas as famílias. A circundar todo o espaço do aeródromo municipal, está a pista de ciclismo, com uma extensão de, aproximadamente, cinco quilómetros. Um tapete em asfalto que poderá ser usado por carros de bombeiros em caso de necessidade, para acorrer a eventuais incêndios. A autarquia colocará à disposição dos visitantes 20 bicicletas, de forma gratuita. É obrigatório, no entanto, deixar um documento de identificação, para as bicicletas não "voarem" do aeródromo de Vilar de Luz. No futuro, deverão ser construídos balneários, uma pequena oficina para reparações e um espaço para os utentes guardarem as bicicletas.
   
  Após ter feito uma pequena pausa junto às "grátis", onde fomos recebidos por dois canídeos simpáticos, seguimos por um dos muitos trilhos "esculpidos" pelas mãos dos homens. 
  A partir daqui os ingredientes para a prática do BTT não faltaram (terra, pedras, água, lama...). Deste modo fomos betetando pela Serra da Camposa  até Covelas. Aí apontámos as "montadas" para grandes trilhos paralelos à A3 com os tais ingredientes bem patentes. Trilhos esses que nos levaram perto do Motel BoraBora em Fontiscos. Não satisfeito com o aproximar do termo do passeio o nosso Batedor tinha-nos reservado a cereja sobre o bolo... Lá fomos atravessar o "nosso riacho" em Ermida.Todos o atravessaram sem dificuldades visto que o ribeiro levava pouca água.
   E pronto a partir daqui foi sempre a rolar até casa.
  Mais um domingo de 2011 que passou cheio de grandes trilhos com muitas suadelas.
   Última nota e... talvez a menos agradável. Meus caros BiKeNaTuRaS creio que, como já o referenciou o nosso Presidente no relato " Rota de Lustosa", a essência dos BiKeNaTuRaS está a definhar-se...Cuidado! 
O Skriba

Os BiKeNaTuRaS:
 e 

Os nossos prezados amigos:

 ,  e 
    Fernando          Cristiano Ferreira
                          Avelino
  

Sem comentários: